seta4.gif (1702 bytes) cab3.gif (10010 bytes)

sobre a Igreja

Quem somos

Reuniões

Discipulado

Mensagens

Testemunhos

Eventos

Deptº Jovem

Fotografias

Volta Redonda

+ Localidades

Links Úteis

Nossos Contatos

Guia Prático

página inicial

E disse Jesus: Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará

Igreja de Jesus Cristo em Volta Redonda.

Rio de Janeiro

.Brasil

História

Corria o ano de 1727, quando os jesuítas, após demarcarem a Fazenda Santa Cruz, na baixada que ainda hoje guarda este nome, cruzaram a Serra do Mar abrindo caminho para a colonização do Médio Vale do Paraíba. No ano seguinte foi aberta uma estrada ligando Rio de Janeiro a São Paulo.

Somente em 1744, no entanto, os primeiros desbravadores denominaram a curiosa curva do Rio Paraíba do Sul, de Volta Redonda, quando a região era explorada apenas por garimpeiros em busca de ouro e pedras preciosas.
Grandes fazendas foram instaladas na região, com alguns nomes que ficaram até hoje, como Três Poços, Belmonte, Santa Cecília, Retiro e Santa Rita. Entre 1860 e 1870, a navegação pelo Rio Paraíba do Sul viveu seu período áureo entre Resende e Barra do Piraí. Ao mesmo tempo,  os trilhos da Estrada de Ferro D. Pedro II chega à   Barra do Piraí e Barra Mansa.

Por volta de 1875, o povoado de Santo Antônio de Volta Redonda começa a ter grande impulso, contando perto de duas dezenas de estabelecimentos comerciais. As primeiras aspirações de autonomia do lugarejo surgem em 1874, quando os moradores pleiteiam a elevação do povoado à categoria de freguesia Somente no ano  de 1926 Volta Redonda conseguiria o seu estabelecimento definitivo como oitavo distrito de Barra Mansa.

Em 1941 tem início o ciclo de industrialização de Volta Redonda, escolhida como local para instalação da Usina Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em plena II Guerra Mundial, marcando as bases da industrialização brasileira.

Este interessante acidente geográfico - a volta redonda - que havia sido berço de nações indígenas como a dos Puris e Acaris, que teve a presença de grandes exploradores, barões do café, escravos, barqueiros e agricultores, cedia lugar aos operários vindos das mais diversas regiões. Seus novos moradores perceberam a desvantagem da dependência do distrito para com o município-sede em 1954. Após uma série de marchas políticas, Volta Redonda conquista sua emancipação em 17 de julho, marcando um novo ciclo no desenvolvimento de sua história. Em 1973, o município foi considerado Área de Segurança Nacional, situação que prevaleceu até 15 de novembro de 1985, quando foram restabelecidas a eleições direta para prefeito.

Aniversário da Cidade: 17 de julho

3.jpg (26337 bytes)

6.jpg (36147 bytes)

10.jpg (48208 bytes)

Atualidade

Hoje, Volta Redonda está diante de uma nova realidade. A privatização da CSN constitui-se num marco divisor, desencadeando novas situações, novos desafios com os quais a cidade se vê frente a frente e deles definitivamente não poderá se esquivar.

O planejamento tornou-se inadiável e, por isso, a atual administração determina como seu principal objetivo repensar a cidade, definindo metas que venham implementar o desenvolvimento econômico e social do município e conseqüentemente da região.

A geração de empregos e a melhoria da qualidade de vida da população são pontos fundamentais do programa de governo. Toda a atenção é direcionada para a conquista de fatores que beneficiem Volta Redonda de maneira direta e indireta. A administração municipal se esforça para que as mais diversas atividades econômicas venham se instalar no município, aumentando o nível de emprego e a arrecadação tributária.

A alternativa escolhida é a de solucionar, no mais curto espaço de tempo, os problemas dessa nova realidade e, para que isso aconteça, todos os segmentos da administração e da sociedade certamente darão sua parcela de contribuição.
Volta Redonda, segundo pesquisa da Universidade Federal Fluminense, tem o melhor índice de qualidade de vida do interior do Estado do Rio de Janeiro, contribuindo para isso:

1 - rede de ensino que oferece desde a educação básica até a pós-graduação, com inúmeros cursos universitários e formação técnica profissional especializada em mecânica e metalurgia;

2 - rede de saúde das mais completas do interior do estado, contando com 38 postos de saúde, oito hospitais e 86 clínicas particulares de diversas especialidades;

3 - infra-estrutura de serviços com 99,3% de atendimento de água potável, 89,2% de esgoto sanitário e 90% de energia elétrica;

4 - é a terceira maior receita fiscal do estado;

5 - apresenta crescimento do setor terciário em função de uma das maiores rendas nominais do Estado do Rio;

6 - é a sede da maior usina siderúrgica da América Latina.

11.jpg (39496 bytes)

12.jpg (34154 bytes)

28.jpg (43239 bytes)

Pontos turísticos

Volta Redonda encontra-se em situação privilegiada no que diz respeito a proximidade de cidades turísticas conhecidas nacionalmente, sendo a principal delas o Rio de Janeiro. Podemos também citar: Cabo Frio, Búzios, Angra dos Reis, Itatiaia, Penedo, Conservatória, Campos do Jordão, São Lourenço e Petrópolis. A presença da Usina Presidente Vargas, a CSN, com seus 5,1 km de extensão, torna-se área de interesse de visitantes de todo o país, atraindo para Volta Redonda cerca de 17 mil pessoas anualmente, gerando desenvolvimento e contribuindo para o turismo regional.

No município, vale destacar como pontos turísticos as áreas de preservação ambiental que guardam uma porção da floresta da Serra do Mar e a presença de monumentos históricos que fazem parte da memória da cidade. Destacamos abaixo algumas dessas áreas:

Floresta da Cicuta

É a representante da grande mata que antes recobria todo o município, sendo a mais soberba do Médio Vale do Paraíba. Precioso documento da flora primitiva a Floresta da Cicuta émantida pela CSN, tornou-se Área de Interesse Ecológico, tombada pelo Governo Federal como área de preservação permanente, patrimônio ecológico nacional. A CSN disponibilizou no local uma pista de cooper e caminhada, passarela sobre o lago e prancha de alongamento, além de sinalização e iluminação. Tel: 3344-4420.

Fazenda Santa Cecília do Ingá

Transformada em Área de Preservação Ambiental, é utilizada atualmente como horto para plantação de mudas usadas na urbanização e reflorestamento da cidade.

Jardim Zoológico

Fundado em 1981, tem uma área verde de cento e cinqüenta mil metros quadrados, com 400 animais de 100 espécies distintas, brinquedos, quiosques, cantina, sanitários, galpão ecológico, pequeno museu com animais empalhados e formolizados, crânios e outros, num total de 100 peças expostas, além de uma biblioteca e um amplo estacionamento de carros e motos. Fica na Rua 93-C, Vila Santa Cecília, tel. 3346-2012, ramais 272 e 273 ou direto, 3348-4419.

Memorial Getúlio Vargas

Para eternizar a memória do Presidente Getúlio Vargas, o Memorial mantém a Exposição permanente Getúlio Vargas,  que oferece à população oportunidade de conhecer um pouco mais da história de uma das figuras mais ilustres o período republicano no País. Na exposição, poderão ser vistos objetos pessoais que pertenceram ao presidente, além de esculturas, fotos e painéis ilustrativos. Localizado à Rua 23 B, sem nº, Vila Santa Cecília.

35.jpg (42342 bytes)

44.jpg (49161 bytes)

47.jpg (31804 bytes)

48.jpg (25221 bytes)

Estádio General Sylvio Raulino de Oliveira o "Estádio da Cidadania"

O Estádio da Cidadania Raulino de Oliveira é o primeiro estádio de futebol no Brasil a abrigar no seu interior  um complexo de esportes, lazer, saúde e educação, com acesso gratuito à população. Ao arrojado projeto arquitetônico e tecnológico que garantiu a construção de um dos mais moderno templo de futebol no país, somou se um amplo projeto pedagógico e social que permite a coexistência totalmente integrada de ações de esporte e de inclusão social.

Idealizado pelo jornalista Oscar Cardoso( falecido em 2003), o novo estádio foi entregue à população em 17 de abril de 2004, ano do Cinqüentenário de Volta Redonda, na administração do prefeito Antônio Francisco Neto, com um jogo amistoso entre Botafogo e uma seleção de amigos do Voltaço. O jogo ficou em 2x1 para o Botafogo do Rio de Janeiro. A reconstrução foi realizada em três anos, ao custo de R$ 16 milhões.

O novo estádio erguido com formas arquitetônicas futuristas, está entre um dos maiores e mais modernos do Brasil. Com capacidade para 20 mil pessoas, insere-se dentro das normas do Estatuto do Torcedor, oferecendo conforto, beleza e segurança no seu interior.

Aliado a modernidade tecnológica e arquitetônica, está o projeto sócio educativo. Em todos os jogos e eventos que houver no estádio, agentes da cidadania se farão presentes acolhendo e cuidando dos torcedores, sejam eles pessoas portadoras de necessidades especiais, integrantes da terceira idade, jovens carentes, que multiplicarão entre os torcedores mensagens de cidadania com gentileza e cordialidade. Quando não houver jogos, o estádio será ocupado pela população, que terá acesso gratuito e orientação de profissionais para a prática de atividades de esportes, lazer, saúde e educação. Nas dependências do estádio funciona a Universidade de Ensino Gratuito Superior a Distância, Professor Darcy Ribeiro, com capacidade para receber 5 mil anos.
Memorial dos Ex- Combatentes

53.jpg (42780 bytes)

55.jpg (38220 bytes)

Fonte das Informações e fotografias: www.portalvr.com

..............................................divulgue: www.igrejaemvoltaredonda.com

sobre Volta Redonda | igrejaemvoltaredonda.com | Contatos

webdesign